VÍDEO: Lucas Veríssimo titular na estreia pelo Brasil

VÍDEO: Lucas Veríssimo titular na estreia pelo Brasil

O Brasil derrotou esta quinta-feira o Peru por 2-0, mantendo o pleno de triunfos na zona sul-americana de apuramento para o Mundial de 2022.

A formação canarinha resolveu o encontro na primeira parte, com Neymar em destaque, com a assistência para o golo inaugural, de Éverton Ribeiro, aos 15 minutos, e a autoria do segundo tento, aos 40, o seu 69.º em 113 jogos pela canarinha.

O central benfiquista Lucas Veríssimo, em estreia, já que o anterior embate, com a Argentina, não contou, jogou os 90 minutos na seleção brasileira, que soma oito vitórias em oito jogos.

A equipa de Tite passou a somar 24 pontos, mantendo-se seis à maior em relação à Argentina, que no regresso dos jogos caseiros com público depois da conquista da Copa América, recebeu e bateu a Bolívia por 3-0, num jogo em que o benfiquista Otamendi foi titular, saindo aos 82 minutos, e Messi fez história.

O capitão argentino foi o protagonista do encontro, ao conseguir o seu sétimo hat-trick na seleção albiceleste e tornar-se o melhor marcador de seleções sul-americanas, com 79 golos, em 153 jogos, ultrapassando o rei Pelé, autor de 77 tentos em 92 encontros pelo Brasil.

Apesar da desvantagem pontual para os canarinhos, a Argentina, que conta um jogo a menos, o que não pôde concluir no Brasil, continua no segundo posto e bem posicionada para chegar à fase final do Mundial2022.

O Uruguai também deu um passo em frente, ao vencer, desfalcado de Suárez e Cavani, o Equador por 1-0, graças a um golo do suplente Gaston Pereiro, médio do Cagliari, que entrou aos 80 minutos, substituindo De Arrascaeta, e decidiu o jogo nos descontos, aos 90+2, de cabeça, após assistência de Nandez.

A formação de Óscar Tabárez passou a somar 15 pontos, relegando para o quarto lugar o Equador, também alcançado pela Colômbia, que bateu em casa o cada vez mais afundado Chile, campeão sul-americano em 2015 e 2016, por 3-1.

Fora dos lugares de apuramento – os quatro primeiros seguem para o Mundial2022 e o quinto para um play-off intercontinental -, o Paraguai aproximou-se, passando a somar 11 pontos, ao vencer em casa a Venezuela por 2-1.

Héctor Martínez, aos sete minutos, e Alejandro Romero, vulgo Kaku, aos 46, selaram o triunfo dos anfitriões, que fizeram regressar o veterano ex-benfiquista Óscar Cardozo, enquanto Jhon Chancellor faturou para os venezuelanos, aos 90.

Na formação forasteira, que já não é comandada pelo português José Peseiro, o central Ferraresi, jogador do Estoril Praia, jogou os 90 minutos, enquanto Jhon Murillo, avançado do Tondela, não saiu do banco dos suplentes.

A Venezuela é 10.ª e última classificada, com quatro pontos, estando longe da zona de apuramento, tal como Bolívia (seis ponts), Chile (sete) e Peru (oito).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 1 =