SpaceX enviar 4 pessoas 'comuns' para o espaço; veja como foi a preparação

SpaceX enviar 4 pessoas 'comuns' para o espaço;  veja como foi a preparação

Quatro pessoas comuns (não astronautas profissionais) participar de uma missão espacial nesta quarta-feira (15). Elas irão decolar em um foguete da SpaceX na primeira viagem do mundo só de civis por vários dias fora da Terra. Trata-se da missão Inspiration4, que pode ser acompanhada quase “em tempo real” em uma série documental da Netflix: a “Countdown: The Inspiration4 Mission to Space”. O lançamento do foguete da SpaceX transmissão ao vivo no canal da plataforma no YouTube. A viagem está programada para durar três dias. Nela, a tripulação irá utilizar para coletar dados para pesquisas científicas. Jared Isaacman, Hayley Arceneaux. Sian Proctor e Chris Sembroski (da esq. Para dir.) Imagem: Inspiration4 / John Kraus Quem são os viajantes e quem vai pagar por isso? O bilionário norte-americano Jared Isaacman, 38, é o responsável por custear uma aventura dos civis. Fundador da empresa de pagamentos Shift4Payments, ele é um ávido piloto, explorador espacial e estará no comando da missão. Ele comprou o seu lugar no foguete e o de mais três pessoas, mas o valor não foi revelado. Além de Isaacman, estão presentes: – Hayley Arceneaux, de 29 anos. Ela tinha dez anos quando foi diagnosticada com um câncer ósseo. Por conta do tratamento, passou a usar uma prótese em uma das pernas. Atualmente, é médica assistente do hospital para crianças St. Jude Children’s, em Memphis. Com sua formação, ela será a médica da missão. – Chris Sembroski, 41. Ele é ex-oficial da Força Aérea dos Estados Unidos. Além disso, é engenheiro de dados e tem em sua trajetória trabalhos voluntários em grupos ligados ao universo da astronomia. Um amigo dele venceu um concurso de arrecadação de verba para o hospital em que Arceneaux trabalha e passou a vaga para Sembroski. – Sian Proctor, 51. Ela é professora de geociências de uma universidade no Arizona. A docente foi escolhida após participar de um concurso organizado pela empresa de Isaacman. Ela abriu uma loja online que oferece estampas e cartões postais com artes que ela produz. O objetivo é conscientizar e fortalecer o papel de mulheres negras na indústria espacial. Ela já teve experiências com simulações de viagens espaciais anteriores. Como foi o treinamento para uma missãoOs quatro tiveram seis meses de treinamentos juntos. Nesse tempo eles estudaram manuais e participaram de inúmeros testículos físicos. Médica Hayley Arceneaux em teste da centrífuga Imagem: Inspiration4 / John Kraus Um envolve deles uma câmera de centrifugação para simular a força da gravidade nos corpos próprios no ambiente fora da Terra. Basicamente, eles presos em uma cadeira que ficava girando e se movimentando para criar a força centrífuga. Médica Hayley Arceneaux em teste da centrífuga em movimento Imagem: Inspiration4 / John Kraus Para que eles sentissem uma sensação parecida, os quatro também participaram de voos que simulam uma microgravidade. Nesse tipo de teste, quem está dentro da aeronave consegue sentir por uns 30 segundos a gravidade zero. Para quebrar o gelo e fazer a tripulação se conhecer, Isaacman os convidou para escalar uma montanha juntos no começo de maio. O lugar selecionado foi o Monte Rainier de Washington, um vulcão ativo coberto de gelo. Jared Isaacman convidou os três participantes da missão para escalar uma montanha Imagem: Inspiration4 / John Kraus “Eles desenvolveram alguma resistência mental. Eles se sentiram confortáveis ​​sendo desconfortáveis. A comida é uma droga na montanha. As velocidades podem ser uma droga na montanha. podemos aumentar e diminuir o termostato … E posso dizer que a comida não é boa no espaço, pelo que provamos até agora “Isaacman ao site Insider. Já na sede da SpaceX, na Califórnia, eles passaram dias com um ritmo intenso de preparação. Segundo o bilionário, eram quase 12h por dia de estudos, que envolveram aulas sobre as partes do foguete e tudo o que pode dar errado, experiênciau o site Insider Professora Sian Proctor e equipe durante o treinamento antes da missão espacial Imagem: Inspiration4 / John Kraus Depois da aula teórica , a prática. Não no espaço, claro, mas através de simulações dentro da cápsula de passageiros Dragon, que será usada na viagem. Sembroski, Jared Isaacman e Hayley Arceneaux (da esq. Para dir.) Em simulação dento da Crew Dragon Imagem: Inspiration4 / John Kraus Como será o lançamentoO foguete Falcon 9 enviará a cápsula de passageiros Crew Dragon ao espaço. Kennedy Centro Espacial, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos. Se o tempo ajudar, tudo acontecerá às 21h (horário oficial de Brasília). Por que a missão é considerada única? Entre 2001 e 2009, oito civis já estiveram no espaço em viagens turísticas, digamos assim. Eles chegaram até lá um bordo de foguetes russos. Porém, todas as missões tiveram astronautas profissionais acompanhando tudo de perto. Com informações do site Space