Piqué: «A relação com o Guardiola piorou quando conheci a Shakira»

Piqué: «A relação com o Guardiola piorou quando conheci a Shakira»

Se há alguém que conhece o Barcelona, por dentro e por fora, é Gerard Piqué. O central e capitão esteve num programa da televisão espanhola – La Sotana – e aceitou falar sobre algumas questões sensíveis sobre a vida interna dos catalães. 

Uma delas teve a ver com a relação entre o próprio Piqué e Pep Guardiola, um dos treinadores mais marcantes na história recente dos blaugrana.

«Houve uma altura em que chegámos a um ponto de tensão e rotura com ele [Pep]. A luta constante contra o Real Madrid de Mourinho foi desgastante e o Pep queria controlo absoluto sobre tudo», contou Gerard Piqué. 

«Do ponto de vista pessoal, a minha relação com o Guardiola piorou quando conheci e comecei a namorar com a Shakira. Agora temos uma boa relação, mas é verdade que no verão de 2012 – quando Guardiola saiu – pensei abandonar o Barcelona.»

Na mesma conversa, Gerard Piqué considerou Josep Bartomeu o pior presidente com quem trabalhou no Barcelona e elogiou Ronald Koeman: «nesta altura é o treinador ideal».

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =