Pastore, ex-craque do Paris Saint-Germain, junta-se ao Elche

Pastore, ex-craque do Paris Saint-Germain, junta-se ao Elche

Javier Pastore juntou-se ao Elche após a rescisão do contrato com a Roma. O Elche, clube da LaLiga, confirmou a contratação do agente livre Pastore no sábado, no mesmo dia em que outro dos menos destacados da Espanha – o Rayo Vallecano – anunciou a aquisição do Radamel Falcao. Pastore custou ao Paris Saint-Germain cerca de 39,8 milhões de euros em 2011, quando saiu do Palermo como uma das adições ao clube da Ligue 1 após a aquisição do Catar. O argentino teve uma primeira temporada brilhante em Paris, marcando 16 gols e adicionando mais seis assistências em todas as competições em 2011-12. Lesões dificultaram sua passagem pelo PSG, embora tenha feito outra boa campanha em 2014-15, jogando 51 vezes, sofrendo 16 gols e ele mesmo marcando seis. No entanto, ele posteriormente não conseguiu jogar mais de 2.000 minutos em nenhuma das três temporadas seguintes. Pastore foi para a Roma em 2018, mas jogou um total de apenas 37 vezes em três anos antes de rescindir seu contrato com o clube da Série A. Elche já o acolheu a bordo e o jogador de 32 anos está à procura de retomar a sua carreira em Espanha. @Javi_Pastore firma por una temporada con el #ElcheCF #BienvenidoPastore pic.twitter.com/SJBIDYjds9 – Elche Club de Fútbol (@elchecf) 4 de setembro de 2021 Depois de encerrar seu contrato com a Roma na segunda-feira, Pastore postou uma mensagem de despedida em sua conta oficial do Instagram . “Não é fácil para mim deixar este clube, a cidade e esses torcedores com a consciência de não poder corresponder às expectativas que eles tinham de mim”, escreveu. “Quem me conhece sabe o quanto sofri e com que empenho trabalhei. “A nossa não foi uma história de sorte, mas ao partir sinto também que mantive intacto um sentimento de respeito e gratidão por esta cidade e pelas pessoas que há três anos me acolheram com amor e entusiasmo. “Eu desejo que você possa comemorar um grande sucesso em breve: Roma, Roma e seus fãs merecem.”