«Na frente não temos problemas, atrás é que pode haver ajustes»

«Na frente não temos problemas, atrás é que pode haver ajustes»

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, em declarações na zona de entrevistas rápidas da Sport Tv, após a vitória sobre o Famalicão, em jogo da segunda jornada da Liga.

«Sabíamos que esta era deslocação difícil. Entrámos bem no jogo, estávamos a prever adversário com linha de cinco porque há sempre essas mudanças contra nós. Sabíamos o que tínhamos de fazer para ferir o adversário e fizemos uma boa primeira parte. Iniciámos a segunda parte com o jogo controlado sem chegar com muita eficácia ao último terço. Depois nasce o canto e um excelente golo do Famalicão. A partir daí, o cansaço e o calor afetaram, mas era para as duas equipas e eu não gosto de me desculpar com essas coisas.

O Famalicão também não conseguiu criar grandes oportunidades, tirando o golo anulado, depois de uma perda de bola que não se pode ter em alta competição [de Zaidu]. E metemo-nos a jeito e a este nível não podemos. Temos de ter outra maturidade no jogo, marcar o terceiro e não sofrer o segundo.»

[sobre a opção por Manafá em vez de Zaidu]

«O Manafá faz a posição, mas não é a dele. Temos um lateral-esquerdo que é o Zaidu e estamos a tentar resolver essa situação internamente. Enquanto o mercado está aberto, há sempre esta instabilidade e isto não é bom para ninguém. Faz notar alguma intranquilidade.»

[Sobre a dupla Toni Martínez-Marega]

«O Marega teve o seu trajeto no FC Porto, mas já não está. Temos jogadores de outras características. O nosso problema não é do meio campo para a frente. Na defesa é que podemos ter de fazer algum ajuste.»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =