Liverpool impede Salah de viajar ao Egito para a eliminatória de Angola

Liverpool impede Salah de viajar ao Egito para a eliminatória de Angola

O Liverpool se recusou a liberar Mohamed Salah para jogar nas eliminatórias para a Copa do Mundo com Angola devido às restrições de quarentena que ele enfrentaria em seu retorno. A Federação Egípcia de Futebol divulgou um comunicado na segunda-feira, anunciando que o Liverpool havia informado o órgão dirigente Salah não teria permissão para se juntar ao seu país no acampamento para os jogos com Angola em 2 de setembro e Gabão em 5 de setembro. “A Federação Egípcia de Futebol recebeu uma carta do Liverpool FC pedindo desculpas pela incapacidade de seu jogador, Mohamed Salah, de se juntar à seleção nacional em seu próximo campo, que inclui enfrentar Angola no Cairo e Gabão em Franceville durante a primeira e segunda rodadas das eliminatórias do continente africano para o Mundial Taça ”, dizia a declaração. “A carta do clube inglês referia-se às medidas cautelares aplicadas na Inglaterra para enfrentar o surto do coronavírus no mundo, que coloca repatriados de alguns países em isolamento sanitário obrigatório por um período de 10 dias após seu retorno à Inglaterra. “Nesta carta, o clube inglês também manifestou a esperança de que a Federação Egípcia entenda que foi forçada a fazê-lo, face ao jogador ser submetido a uma quarentena por este período e ser por isso afectado fisicamente, bem como a incerteza das condições determinadas pelas autoridades inglesas. É relatado que o Liverpool FC assumiu a mesma posição com vários de seus jogadores estrangeiros. ” Como o Egito está na lista vermelha de viagens do governo do Reino Unido, Salah teria de ficar em quarentena por 10 dias após seu retorno do acampamento, o que significa que ele perderia o confronto da Premier League do Liverpool com o Leeds United em 12 de setembro. No entanto, o clube está supostamente feliz por Salah para viajar a Franceville para o jogo contra o Gabão, que está na lista âmbar do Reino Unido. Salah não teria que ficar em quarentena depois de visitar o país. O Liverpool e outros membros da Associação Européia de Clubes (ECA) estão buscando isenções para permitir que seus jogadores evitem a quarentena, enquanto a federação egípcia pediu à FIFA para tentar resolver o problema. Sem exceções, o Liverpool também deve impedir os internacionais brasileiros Alisson, Roberto Firmino e Fabinho de viajar para a próxima rodada das eliminatórias da Seleção. O Brasil continua na lista vermelha do Reino Unido como um dos países mais afetados pela pandemia. Os homens de Tite visitam o Chile antes de hospedar a Argentina em 5 de setembro.