Jorge Simão: «Há diferenças abismais em relação ao Tottenham»

Jorge Simão: «Há diferenças abismais em relação ao Tottenham»

Jorge Simão, treinador do Paços de Ferreira, em declarações em Londres depois da eliminação frente ao Tottenham: 

«A ideia dos três centrais assentou em dois pressupostos: o ciclo terrível de jogos que estamos passar, principalmente, com poucos dias de recuperação entre eles, e cumulativamente, a necessidade de defender a largura completa do jogo, mantendo em simultâneo a largura, na frente, pelos dois alas.»

[sobre o golo madrugador de Harry Kane]

«O primeiro golo retraiu a equipa e, mesmo antes, o lance do Kane, aos 20 segundos, deixou-nos em sobressalto, mas não foi por aí, sinceramente, porque há diferenças abismais entre as duas equipas.»

[sobre a influência de Harry Kane]

«O Harry Kane é um dos melhores avançados do futebol, não há muito mais a dizer. É difícil. Ao mais alto nível, temos de estar no topo das nossas capacidades, como não aconteceu, o que torna tudo ainda mais difícil.»

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 15 =