Espanha-Suécia, 0-0 (crónica)

Espanha-Suécia, 0-0 (crónica)

Ao décimo jogo, o primeiro empate sem golos do Euro 2020 obra conjunta de Espanha e Suécia.

O empate era a melhor notícia que os suecos poderiam receber ao final de 40 minutos, tendo em conta o amasso que sofreram. A seleção de Jan Andersson foi completamente sufocada pelo adversário, inferiorizado em vésperas da prova pela Covid-19. Portanto, o nulo ao intervalo era excelente para os nórdicos.

Apesar de todas as contrariedades provocadas surto do novo coronavírus, «La Roja» mostrou bom futebol e dispôs de ocasiões claras para marcar e ao mesmo tempo, não permitiu que a Suécia ultrapasse o meio-campo com a bola dominada. 

Robin Olsen, sem dúvida o melhor em campo, foi adiando ao máximo o golo espanhol. O guarda-redes sueco fez uma defesa espantosa a cabeceamento de Olmo. Quando não era o gigante da Roma a brilhar, eram os espanhóis a falhar. Primeiro Koke, depois Morata de forma incrível após erro de Olsson.

Foi, no fundo, um surto de falhanços.

E como diz o ditado, válido em Portugal e no resto do mundo, quem não marca arrisca-se a sofrer. Por pouco, o talentoso Isak não «inventou» um golo. Valeu o improvisado lateral-direito, Marcos Llorente, a impedir o golo sueco com um desvio para o poste.

Espanha perdeu fulgor com o intervalo e viu a Suécia ser mais perigosa na etapa complementar. Só um falhanço escandaloso de Berg, após um jogada fantástica de Isak, impediu os suecos de se adiantarem no marcador.

Luis Enrique foi trocando as peças e introduziu primeiro Thiago e Sarabia para os lugares de Rodri e de Morata. Mais tarde, o selecionador espanhol lançou Gerard Moreno e Oyarzabal por troca com Ferran Torres e Olmo. 

Viu-se novamente Espanha do primeiro tempo: inteligente, agressiva e com critério para chegar à baliza contrária. Enfim, «La Roja» jogou como uma candidata ao título e só não entrou a vencer na prova por culpa de Olsen que fez uma defesa por instinto a cabeçada de Gerard Moreno.

Assim que recuperar do surto de falhanços, cuidado com esta Espanha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + seis =