Daniel Ramos: «Jogadores sabem que temos de ‘dar muito ao chinelo’»

Daniel Ramos: «Jogadores sabem que temos de ‘dar muito ao chinelo’»

O treinador do Santa Clara, Daniel Ramos, reconheceu neste sábado que tem o trabalho um pouco mais facilitado na preparação da nova época por se manter a base de jogadores que na temporada passada alcançou uma classificação europeia.

«Podíamos começar mais cedo [o estágio], mas como existe uma boa ideia de jogo interiorizada, e a equipa tem uma percentagem muito grande de jogadores que continuou, dá-nos uma boa garantia de que tudo se torna mais fácil. É uma questão de relembrar e continuar a trabalhar», começou por dizer, citado pela Lusa.

Daniel Ramos afirmou que os reforços têm chegado «conforme as oportunidades» e com o objetivo de construir um plantel equilibrado.

«A avaliação que nós temos deles, antes de os recrutar e a que nós vamos tendo em função do trabalho realizado, é positiva», apontou.

Para a nova temporada, os açorianos asseguraram a contratação de Bouldini (proveniente da Académica), Paulo Henrique (ex-Penafiel), Ricardo Fernandes (oriundo do Ac. Viseu) e Boateng (ex-SV Ried).

No sentido inverso, abandonaram o clube os jogadores Fábio Cardoso, André Ferreira, Diogo Salomão, Lucas Marques, Ukra e João Lucas.

«Temos vindo a trabalhar com conteúdos, com uma preparação e uma ideia de jogo de continuidade, onde o processo ofensivo e defensivo tem sido sistematicamente treinado, quer seja a nível individual, setorial ou coletivo», disse ainda.

«Se tivesse de apontar algo que me surpreendeu foi a capacidade de estarem todos novamente atentos e sentir que não estão acomodados àquilo que fizemos, mas sim preparados e mentalizados que temos de dar muito ao ‘chinelo’», continuou.

«O objetivo é ter 26 jogadores no plantel e desses 26 jogadores ter muito equilíbrio posicional, muita competitividade por posição», revelou.

Read More

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =