Chile 0-1 Brasil: Seleção se mantém perfeita nas eliminatórias da Copa do Mundo

Chile 0-1 Brasil: Seleção se mantém perfeita nas eliminatórias da Copa do Mundo

O Brasil preservou seu recorde perfeito nas eliminatórias da CONMEBOL para a Copa do Mundo de 2022 após vencer o Chile por 1 a 0 na quinta-feira. Everton Ribeiro saiu do banco e marcou o gol da vitória aos 64 minutos, enquanto o Brasil somava sete vitórias em sete jogos no caminho para o Catar em 2022. Brasil – voltou à ação pela primeira vez desde a derrota na final da Copa América para a Albiceleste, em Julho – estão seis pontos à frente da Argentina no topo da classificação, antes do confronto de dar água na boca de domingo em São Paulo. O Chile, por sua vez, está em sétimo lugar nas eliminatórias com dez seleções da América do Sul, três pontos atrás do play-off. A recusa dos clubes da Premier League em dispensar jogadores para jogos internacionais nos países da lista vermelha do COVID-19 significou que o Brasil ficou sem nomes como o capitão Thiago Silva, Alisson, Ederson, Fred, Fabinho, Roberto Firmino, Richarlison e Gabriel Jesus. 0 – O Brasil nunca perdeu um jogo sob o comando de Tite quando marcou o primeiro gol. Seguro. – OptaJoao (@OptaJoao) 3 de setembro de 2021 Weverton estreou pelo Brasil na ausência das estrelas Alisson e Ederson e foi o mais ocupado dos goleiros em Santiago, onde as duas nações se enfrentaram pela primeira vez desde que a Seleção venceu o Chile na Copa . Arturo Vidal estava no centro da ação pelo Chile em meio a um forte início de temporada com o Inter – a estrela do meio-campista forçou uma dupla defesa de Weverton com uma cobrança de falta complicada na marca de meia hora e este último reagiu rapidamente para negar A recuperação de Eduardo Vargas na rodada final. Gabriel ‘Gabigol’ Barbosa já havia mostrado uma grande explosão de velocidade para disparar no contra-ataque, passando a bola para um Neymar desmarcado, mas o atacante do Paris Saint-Germain mandou seu chute alto para a arquibancada. Vidal então forçou Weverton a outra defesa antes do intervalo, embora as chances claras fossem poucas e distantes depois de 45 minutos. O jogo ganhou vida no segundo tempo, quando o Brasil abriu o placar aos 64 minutos. O Chile controlou em grande parte o processo, mas Ribeiro e Neymar combinados passaram logo após a marca da hora – a tentativa do último à queima-roupa foi impedida por Claudio Bravo, mas o primeiro estava disponível para converter o rebote. O Chile continuou avançando em busca de um empate, mas não teve sucesso, já que o Brasil manteve a quinta vez consecutiva sem sofrer golos nas eliminatórias e a sexta no total. O que isso significa? Os homens de Tite continuam quentes Não há como impedir o Brasil em sua trajetória rumo à Copa do Mundo do ano que vem. A Seleção venceu todas as suas eliminatórias até agora e nunca perdeu um jogo sob o comando do técnico Tite quando marcou primeiro. Ribeiro o herói improvável Com tantos ausentes, Ribeiro foi o herói fora do banco para o Brasil. O craque do Flamengo fez sua estreia internacional em 2014, mas seus dois gols internacionais aconteceram neste ano, três meses depois de junho. As dificuldades do Chile nas eliminatórias continuam O bicampeão da Copa América venceu apenas uma das sete eliminatórias até o momento, contra o Peru, em novembro. A pressão está crescendo sobre o técnico do Chile, Martin Lasarte. Qual é o próximo? Brasil e Argentina renovarão sua rivalidade no jogo entre os melhores da tabela de domingo, enquanto o Chile visita o Equador no mesmo dia.