Brasil: presidente da federação afastado após acusação de assédio

Brasil: presidente da federação afastado após acusação de assédio

Rogério Caboclo, presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) foi afastado da presidência pelo Conselho de Ética, após uma acusação de assédio sexual de uma funcionária da federação.

Caboclo nega a acusação, mas a suspensão já entrou em vigor e tem um prazo de 30 dias, depois de vários patrocinadores terem pressionado para que alguma coisa fosse feita.

Antônio Carlos Nunes assume provisoriamente a presidência, numa altura em que, recorde-se, o futebol brasileiro vive dias complicados com os jogadores a mostrarem-se contra a organização da Copa América, devido aos casos de covid-19 no país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 11 =