A Competitiva Champions League “muito boa” para o futebol feminino, diz a superestrela do Chelsea Harder

A Competitiva Champions League “muito boa” para o futebol feminino, diz a superestrela do Chelsea Harder

Pernille Harder está animado com a natureza cada vez mais competitiva da Liga dos Campeões Feminina, depois que o Chelsea alcançou a final na temporada passada, em uma campanha em que a sequência de títulos do Lyon terminou. O Lyon foi campeão europeu em cinco temporadas consecutivas até 2020-21, superando o Wolfsburg de Harder em 2018 e 2020. A estrela dinamarquesa foi eleita Jogadora do Ano da UEFA em ambas as ocasiões e garantiu uma transferência recorde mundial para o Chelsea, onde ela novamente fez a final. O Blues não deu certo, mas havia um novo nome no troféu, já que o Barcelona conquistou seu primeiro título depois que o Lyon foi eliminado nas oitavas de final. Harder, falando em nome da Heineken, disse ao Stats Perform: “Chelsea, como equipe, queremos ser uma das grandes equipes do mundo e acho que ainda somos. Acho que podemos desenvolver mais desde o ano passado. “No ano passado, chegamos à final, isso é bom e temos potencial para ser ainda melhores. “Mas também acho que a competição é muito alta. Agora que há tantos times bons na Europa, será ainda mais difícil chegar à final e ganhar a Champions League. “Acho bom não ser apenas um time que domina o futebol feminino. “O Lyon tem feito isso há tantos anos, mas acho que agora mais times estão entrando na competição. “Obviamente, o Lyon ainda é uma das grandes equipes que vão competir pelo título, mas é muito bom que tenha se desenvolvido dessa forma, com mais equipes sendo contendoras para ganhar o título.” O sucesso da equipe é a prioridade para Harder, apesar de seu reconhecimento individual após as últimas voltas de Wolfsburg. “O indivíduo não era um objetivo para mim – era apenas o resultado ”, disse ela. “Mas os objetivos finais são desenvolver e desenvolver como uma equipe, mas também ganhar títulos. “Se isso vai me fazer ganhar mais um prêmio individual, talvez seja apenas um resultado em uma boa temporada. Mas esse não é o objetivo principal para mim. ” A Heineken é um novo patrocinador da Liga dos Campeões Femininos e do Campeonato Europeu Feminino, que Harder vê como uma prova do desenvolvimento do esporte. “É ótimo que a Heineken tenha escolhido entrar no futebol feminino, na Liga dos Campeões Femininos e no [Women’s European] Campeonato que está chegando nos próximos anos”, disse ela. “Isso só mostra como o futebol feminino se desenvolveu, que uma grande marca como a Heineken quer entrar e ajudar a desenvolver ainda mais o futebol feminino. “Então, obviamente, eu como jogador de futebol, jogador de futebol feminino, estou muito feliz e satisfeito com isso.” Veja o mais recente vídeo de anúncio da Heineken compartilhando mais três motivos para torcer, tendo estendido sua já extensa presença no automobilismo e futebol com três novas parcerias emocionantes – UEFA Women’s Champions League, Campeonato Europeu Feminino da UEFA e W Series.